Asfalto Borracha em evidência

No dia 26 de julho o Asfalto Borracha como alternativa para o desenvolvimento foi tema de uma palestra ministrada pelo engenheiro químico da GRECA ASFALTOS, Wander Omena, durante a II Missão Técnica sobre reciclagem de lixo e manejo de resíduos sólidos que trouxe à Curitiba representantes de onze países da América Latina. A empresa foi convidada pela Associação dos Municípios do Paraná – AMP, Organização dos Estados Americanos – OEA, e pela Organização para o Desenvolvimento da América Latina e Caribe – Onward. O evento foi realizado no salão de Convenções do Hotel Del Rey e reuniu cerca de 40 gestores públicos entre prefeitos, técnicos de governos e de Ong´s, secretários e vice-ministros. O grupo ouviu por mais de uma hora as vantagens do uso do Ecoflex e conheceu as obras onde o produto está sendo usado no Brasil. Em seguida visitou as instalações da GRECA ASFALTOS em Araucária, onde a comitiva conheceu o Centro de Pesquisas onde o asfalto ecologicamente correto é desenvolvido.


De acordo com o presidente da Ong Onward, Carlos Almeida, a missão teve objetivo de fazer um intercâmbio de experiências no manejo de resíduos sólidos e Curitiba, por ser conhecida mundialmente como a cidade ecológica, tem experiências inovadoras neste sentido. “Na área do transporte a GRECA ASFALTOS se apresenta como uma empresa referência para apresentação de experiências e conhecimento de novas tecnologias. Temos uma impressão muito positiva em encontrar na América Latina exemplos de bastante êxito que podem ser intercambiados com a própria América Latina”, afirmou o presidente.
Ao final da visita o grupo foi convidado a conhecer a reserva de mata nativa da região que a GRECA ASFALTOS conserva dentro da propriedade. Trata-se de um dos últimos espaços, em estado original, e com estas dimensões, dentro de Araucária – município que por causa do crescimento vem sofrendo uma diminuição de suas reservas florestais.

Veja os depoimentos de quem participou da II Missão Técnica:
“Quero parabenizar aos donos, administradores e funcionários da empresa pela limpeza da fábrica e segurança da área. Me chamou a atenção como a empresa utiliza e aproveita a borracha para fazer asfalto, um produto que em outros países é um sério problema de contaminação e poluição ambiental. Para nós o Asfalto Borracha é uma novidade, pois no México ainda não se começou um projeto com esse tipo de pavimento. Saio desta visita com uma inquietude muito grande de falar com investidores mexicanos para que eles possam realizar um convênio de colaboração de aporte técnico entre a GRECA ASFALTOS e aporte de capital, além de apoio em termos de redução de impostos agregados. A tecnologia mexicana como engenharia de estradas é conhecida mundialmente como muito boa. Mas ainda falta um componente importantíssimo que é o ecológico que me parece uma área de expansão de futuro.”
Gonzalo Guerra – vice-ministro e secretário de Meio Ambiente – Guadalajara/México
“É muito interessante observar a inclusão de novos polímeros e a borracha para melhorar a qualidade do asfalto. O Equador ainda não teve a sorte de ter um projeto de asfalto de borracha. A maior parte das estradas pertencem ao governo do estado e os usuários se queixam que os construtores não utilizam material adequado e de boa qualidade. Sou engenheiro civil e tive a sorte de ser presidente da Câmera Equatoriana da Construção onde fiz muita amizade com os donos de construtoras, além do bom relacionamento institucional com prefeitos. Assim que chegar ao Equador será essa minha primeira recomendação as principais empresas. A malha viária será recuperada visto que toda rede viária equatoriana está em condições muito ruins, exceto 7% a 8% que são de concessionárias. Esta empresa tem um dos mais altos controles de qualidade que já conheci no mundo. Não foram poupados esforços para ter uma empresa limpa e organizada. Foi de muita visão a divisão do três segmentos da GRECA ASFALTOS: fabricação, transporte e distribuição.“ Héctor Jácome – prefeito Rumiñahui / Equador

Leia a matéria completa no informativo Fatos&Asfaltos nº7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *